Conhecendo Amsterdã em três clipes


Amsterdã foi minha primeira cidade na eurotrip 2016 e me reservou uma bela surpresa já no primeiro dia: um pé torcido. A mobilidade comprometida e alguns dias de vento e chuva até tentaram estragar a experiência, mas saí de lá achando que esse lugar é mesmo tudo isso que dizem.

Os museus eram a prioridade do meu roteiro, que incluía ainda alguns cenários de filmes (aguardem mais posts sobre a cidade em breve), mas por que não acrescentar um pouco de música? Abaixo, três videoclipes com visões bastante distintas sobre esse destino, mas que ajudam a entrar no clima da viagem.

 

5 O’Clock – T-Pain ft. Wiz Khalifa, Lily Allen

T-Pain disse em entrevistas que quis gravar o clipe no Red Light District justamente por ser proibido: todo mundo que visita Amsterdã ouve logo que não se pode fotografar o bairro famoso pelas mulheres expostas em vitrines.

Passei por ali durante o dia, durante minha caminhada no centro, e as ruas cheias de jovens fazendo algazarra e os letreiros chamativos davam a dica de que estava entrando numa área mais badalada. Mas eu só me dei conta de que havia chegado ao tal bairro da luz vermelha quando vi uma das prostitutas.

Particularmente, nem vejo motivo para querer fotografar, mas é fato que o inusitado da situação atrai curiosos, que visitam a região por conta própria ou em tours guiados. Definitivamente, minha Amsterdã era outra.

 

Amsterdam – Van Halen 

É engraçado como a canção do Van Halen reúne todos os clichês que a gente ouve a vida inteira sobre a cidade. Se você pensou em coffeeshops, onde a maconha é permitida, ou no Red Light District, tem tudo isso. A música basicamente narra uma curtição da banda regada a sexo, drogas e rock’n’roll, com direito a clipe com umas farofadas num estúdio de tatuagem, por exemplo.

Só conheci essa região central da cidade no último dia da minha passagem por lá, debaixo de muita chuva, o que não ajudou a render fotos magníficas. Posso dizer que achei as lojas de souvenires e sex shops com ares de “pega turista” e tudo muito aquém do que Amsterdã têm pra oferecer.

Algumas das atrações vistas no clipe são o Sexmuseum, o Bulldog, um dos coffeeshops mais famosos da cidade (que tem várias unidades em regiões diferentes), e a Oude Kerk, a igreja (e também a construção) mais antiga da cidade (veja a galeria abaixo).

 

Boom Clap – Charli XCX

Parte da trilha sonora de A Culpa É das Estrelas, a música ganhou clipe com inserções de cenas do filme e também sequências rodadas na cidade. Um dos monumentos vistos no vídeo é a Westerkerk, a maior igreja de Amsterdã, que fica no bairro do Jordaan, um dos passeios mais legais de se fazer a pé por lá. Vale andar sem rumo só para ver os canais mais bonitos da viagem.

É nessa região, aliás, que fica a Casa de Anne Frank, uma das principais atrações locais (mais em breve aqui no blog) – é o museu que Hazel (Shailene Woodley) e Augustus (Ansel Elgort) visitam no longa.

O rio Amstel e as bicicletas por toda parte também ajudam a compor o cenário mais emblemático da cidade holandesa, o que mais combinou com minha passagem por lá.

E qual é a sua Amsterdã?

Leia também


About Giselle de Almeida

Carioca, jornalista, estudante de cinema, gauche na vida. Pareço legal, mas tento convencer os amigos a verem minhas séries favoritas