Manual de sobrevivência na CCXP


A terceira edição da Comic Con Experience está chegando, caro nerd. Nós aqui do Roteiro Adaptado visitamos a convenção nos anos anteriores e, com esta experiência acumulada, decidimos criar este guia definitivo para a CCXP. Tudo que você precisa saber para aproveitar sua visita ao máximo, desde a preparação para o evento até os últimos minutos épicos.

guia-ccxp-thumb

A preparação…

Use roupas confortáveis – Você vai andar muito, passar horas em filas, sentar no chão, brincar nos estandes. Não dá para aproveitar tudo isso com a roupa incomodando ou aquele sapato apertado. Escolha as peças mais confortáveis do seu guarda-roupa.

Leve uma bolsa que atenda às suas necessidades – Vai comprar colecionáveis? Caçar brindes? Levar lanchinhos, ou apenas pertences pessoais? Seja qual for o caso, escolha uma bolsa que atenda à suas necessidades e seja fácil de carregar. Colecionadores de pôsteres, por exemplo, gostam de levar aqueles tubos telescópicos para manter suas artes protegidas.

guia-ccxp-cosplay-pantera-negra

Cosplay Pantera Negra (2015)

Vai de cosplay? – Não precisa atravessar a cidade despida vestida de Mística, com uma armadura medieval pesadona, ou derreter sua maquiagem elaborada no calor de dezembro. Camarins com vestiário feminino e masculino e chapelaria gratuita estão disponíveis para cosplayers.

Outra dica importante: cuidado com as réplicas de armas! Elas serão revistadas na entrada da convenção e podem ser recolhidas caso consideradas perigosas para o público. A dica é levar artefatos criados a partir de materiais leves, sem pontas, lados afiados ou projéteis. As réplicas também não podem funcionar ou parecer armas verdadeiras.

guia-ccxp-2014b

Cosplayers Cavaleiros de Ouro (2014)

Leve o lanche de casa – Lembra que falei de reservar um espaço para lanchinhos na bolsa? Na CCXP há uma praça de alimentação com opções para todos os gostos, é verdade! Mas, assim como todo grande evento fechado, os preços são bem salgados. A coisa complica ainda mais se você vai ficar o dia inteiro gastando energia na feira, ou ainda preso no auditório. Neste último, a única opção geralmente é a bombonière do Cinemark, que patrocina o espaço. Então, prepare lanches e leve água. Nos anos anteriores era possível encontrar bebedouros para reabastecer as garrafas.

guia-ccxp-lanches-harry-potter-rony

Fique atento: novamente, embalagens que ofereçam risco serão confiscadas na entrada. A recomendação é levar os comes e bebes em suas embalagens originais lacradas. No caso de alimentos não industrializados, em embalagem de plástico que esteja fechada.

guia-ccxp-praca-alimentacao

Praça de alimentação (2015)

Não esqueça seu livro! – A grande maioria dos frequentadores comprou a meia entrada, disponível para todos que se prontificarem a doar um livro em bom estado de conservação, para o projeto Leitura Alimenta. Lembre-se que é um livro por credencial, caso tenha comprado dias separados, deve levar um exemplar para cada um. Já credenciais de quatro dias exigem apenas um exemplar a ser entregue no primeiro dia.

Os livros serão incluídos em cestas básicas distribuídas para famílias de todo o país. Por isso, pede-se que evitem os seguintes tipos de publicação: Didático ou técnico; Religioso ou Político; Eróticos ou Pornográficos; Fotográficos; De língua estrangeira.

A jornada até o centro de convenções…

Transporte público (metrô ou ônibus) é sempre a melhor opção. A organização do evento disponibiliza transporte gratuito no trajeto entre Terminal Jabaquara e o centro de convenções, procure as placas e funcionários do evento para te orientar. E fique atento aos horários:

01/12 – Quinta-feira – 10h – 23h
02/12 – Sexta-feira – 8h – 23h
03/12 – Sábado – 8h – 23h
04/12 – Domingo- 8h – 21h

Se ainda preferir ir de carro o São Paulo Expo Exhibition & Convention Center tem um edifício garagem, mas a tarifa de estacionamento é paga à parte.

guia-ccxp-trasnporte-bat-movel

Batmóvel (2014), esse estacionou sem tarifa mesmo…

Chegue cedo sim, mas não exagere! Você vai ouvir muita gente dizer que vai pernoitar na fila ou chegar no meio da madrugada. Mas lembre-se de que você está em São Paulo e o centro de convenções fica em uma área isolada, sem espaço para acampar. Não vá para a rua se não estiver totalmente seguro, ou ainda se estiver sozinho. A CCXP não se responsabiliza pelo que acontece fora do evento. Sem contar que na fila você provavelmente vai dormir pouco ou nada e passar o dia cansado. Será que vale mesmo a pena?

Você já se preparou, já encontrou o caminho, agora é hora da batalha…

Paciência é a primeira lição, gafanhoto! Pois você vai precisar dela nas muitas, muitas e muitas filas. Dos painéis aos banheiros, tem fila para tudo, mas isso não é necessariamente uma coisa ruim. É nesse tempo que você pode observar os cosplays, colocar a leitura em dia, discutir teorias de sua série/filme/livro favorito com seus companheiros de jornada. Ou ainda fazer novos amigos! Acredite, em nenhuma outra fila do mundo você vai encontrar tantas pessoas com os mesmos interesses que você. De vez em quando ainda acontecem momentos de interação coletiva, afinal você não pode sair de lá sem engrossar ao menos uma vez o coro de “Vai ser épico!”.

guia-ccxp-filas

Doutorado em filas, nós tiramos!

Você vai precisar fazer escolhas Por mais que você tente, é impossível ver tudo, tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. Escolhas difíceis estarão à sua frente, quando duas coisas que você ama acontecerem no mesmo horário em lugares diferentes. Mas nem tudo está perdido! Confira a programação do evento no site ou nos jornaizinhos distribuídos por lá e se organize. Vale lembrar que em alguns casos os painéis são transmitidos em um telão para quem não conseguiu entrar.

guia-ccxp-morpheus-escolha

Se você só tem um dia por lá, talvez seja melhor dispensar os painéis e explorar a feira. Ou passar a manhã nos painéis e a tarde passeando. A escolha é sua.

Sobre os painéis e pré-estreias – Como mencionei acima nem todo mundo consegue entrar no auditório. O espaço é limitado, 3.300 lugares, e não é esvaziado entre uma atração e outra (salvo exceções, anunciadas previamente). Precisa chegar cedo (mas não exagere, lembra?) e guardar lugar.

guia-ccxp-auditotio

Auditório 2015, durante o painel da Evangeline Lily

Se a atração em que você está interessado é uma das primeiras, pode sair, aproveitar a feira e ceder o lugar para alguém. Caso contrário é provável que você perca o dia inteiro, e tudo que está acontecendo lá fora, enquanto está dentro do auditório. Ou ainda passar parte do dia na fila. Sim, na fila. Pois se você não entrou de primeira ainda há chance, sempre que uma atração termina: algumas pessoas saem e abrem espaço para novos ocupantes. A fila anda!

No auditório há banheiros e é possível comprar alimentos, logo ficar lá dentro não é tão ruim. Mas fique atento aos anúncios. Não é permitido filmar e fotografar conteúdo exclusivo sob risco de expulsão do auditório. Eles sempre avisam quando é proibido.

guia-ccxp-2014c

Auditório 2014, durante o painel do Sean Austin

Leve dinheiro trocado – É possível comprar muita coisa com o cartão. Mas lá existem produtos de todos os preços, especialmente no Artist Alley. Logo, dinheiro trocado sempre facilita. Aliás, não deixe de passar pelo cantinho dos mais de 460 artistas, mesmo que quadrinhos não sejam o seu forte, você pode descobrir uma nova paixão.

guia-ccxp-colecionaveis

Colecionáveis – Tem algum item de desejo do qual não pode sair sem? Compre logo, especialmente se for um colecionável exclusivo. Eles são os primeiros a acabar.

Hora da xepa! – Se você quer expandir sua coleção sem ter um item específico em mente, ou apenas levar uma lembrança para casa, espere até o domingo. Muitos itens entram em promoção no último dia da feira, ligue seu radar de descontos e vá à caça. Sempre com paciência para as muitas filas!

guia-ccxp-brindes

Brindes, brindes, brindes!!!

Brinde é vida! – É a oportunidade de levar alguma lembrança legal para casa, mesmo em época de crise. Muitos estandes distribuem brindes que vão de pôsteres e camisetas, até comida. Outros oferecem os mimos para quem participa das brincadeiras.

Visite todos os estandes – Ou o maior número que conseguir. É exigência do evento que eles sejam interativos e a maioria deles capricha nas atividades. Desde o simples cenário para fotos até rinque de patinação, parede de escalada e piscina de bolinhas; já teve de tudo um pouco. Um verdadeiro parque de diversões nerd.

guia-ccxp-stands

Tardis (2014), Piscina de bolinhas gigantesca de “Procurando Dory” (2015)

Não esqueça as recomendações de sempre…guia-ccxp-criancas

  • A criançada é bem-vinda e tem atrações dedicadas a elas, mas não esqueça de identificar seu padawan e fique atento: tem muita gente, Mesmo! Esteja prevenido caso ele se perca.
  • Marque um ponto de encontro com os amigos, a aglomeração é grande e vocês podem se separar eventualmente. Nos anos anteriores o sinal de telefone era fraco no centro de convenções, independentemnte da operadora. Por isso, é bom adotar esse sistema das antigas. Marque um ponto de encontro, de preferência em locais onde o amontoado de pessoas é menor.
  • Atenção aos seus pertences. Acredite, é fácil perder coisas na multidão. E recolha seu lixo!

Agora que você já tem todas as informações que precisa, lembre-se: seu fandom não é o único, muito menos melhor que o de ninguém. E sim, o cara fantasiado de Jon Snow pode sim ser o maior fã de Chaves do mundo e tem tanto direito quanto você. Não é uma competição, gafanhoto: mantenha a mente aberta, respeite o próximo e se mantenha no lado luminoso da força!

Você já tem o equipamento, o mapa e manual de guerra, agora é só mergulhar de cabeça. Siga nossas dicas e com certeza seu fim de semana “vai ser épico”!

Comic Con Experience
01 a 04 de dezembro – Centro de Exposições São Paulo Expo
www.ccxp.com.br

Leia também


About Fabiane Bastos

Jornalista especializada em cultura, viciada em filmes, séries e livros não necessariamente nesta ordem. Adoraria poder visitar os mundos que só conhecemos pelas páginas e telas, ou chegar o mais próximo disso possível!