O MAC nas telas do cinema e da TV


O Museu de Arte Contemporânea mal completou vinte anos e já virou símbolo máximo de Niterói, substituindo na função, inclusive, o ícone anterior da cidade, a estátua do índio Arariboia, aquele paradão lá em frente à estação das barcas da cidade. Logo, não é surpresa que a construção em forma de flor de lótus tenha servido de cenário para algumas produções de cinema e TV.

Já aprendemos sobre a história do museu e suas atividades. Agora, é hora de descobrirmos que histórias foram contadas com a ajuda dele.

As Brasileiras – A Apaixonada de Niterói

O episódio niteroiense da série que trazia a diversidade das nossas mulheres contava a história de Monique (Letícia Sabatella), que acredita estar sendo traída por seu marido, Marcelo (Caco Ciocler), e decide fazer de tudo para reconquistá-lo. Resolve, inclusive, contratar os serviços de uma vidente, a Mãe Vitória (Camila Morgado). O episódio tem algumas cenas rodadas na cidade e tomadas aéreas – o MAC, é claro, aparece em várias delas.

Imagens aéreas do MAC aparecem na série As Brasileiras – A Apaixonada de Niterói 

Beleza Pura

A novela das 19h contava a história do romance conturbado entre o engenheiro aeronáutico mulherengo Guilherme (Edson Celulari) e a dermatologista Joana (Regiane Alves). Conturbado por causa da apaixonada e desprezada Norma (Carolina Ferraz) – caso não esteja ligando nome à personagem, a vilã é dona do bordão e posterior meme “Eu sou ricaaaaa!”. Com a trama ambientada em Niterói, não faltaram cenas gravadas na cidade. E, claro, o MAC estava entre as locações favoritas. Antes mesmo de a novela estrear, o museu já aparecia nas chamadas em uma cena envolvendo a vilã, que divava sua maldade e luxo no belo pátio.

Carolina Ferraz em de seus momentos “Eu sou RICAAA!” no pátio do MAC

O ponto alto foi o casamento do casal protagonista, realizado no pátio do museu, com grande parte do elenco como convidados e a bela vista para o Pão de Açúcar que o museu oferece terminando de enfeitar o quadro. Não é para qualquer casal uma locação dessas!

Beleza pura! Casamento no MAC não é para qualquer casal!

O Homem do Futuro

O MAC também aparece nas telonas, e a melhor participação dele no cinema é, com certeza, na ficção científica nacional O Homem do Futuro. O protagonista Zero (Wagner Moura) descobre um jeito de viajar no tempo e “consertar o passado”. Em umas das realidades alternativas criada por suas viagens, ele, agora milionário, decide presentear sua amada Helena (Alinne Moraes) com uma casa.

Helena (Alinne Moraes) fingindo que nem liga, mas já pensando na decoração de sua nova casa!

Qual não é a surpresa, quando descobrimos que tal “humilde residência” é nada menos que o Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Além de uma cena no pátio o casal ainda engaja uma “DR” dentro do museu, em frente as suas janelas panorâmicas. Quem não queria um lar doce lar como esse? Infelizmente só na ficção.

Zero (Wagner Moura) apenas dá o MAC de presente para Helena (Alinne Moraes) em O Homem do Futuro!

Ficou com vontade de conhecer o Museu de Arte Contemporânea de Niterói? Já mostramos como é uma visita ao MAC aqui no blog. Reconheceu o museu em outras produções? Ou queria vê-lo nas telas mais vezes? Conte para a gente!

Museu de Arte Contemporânea – MAC
Mirante da Boa Viagem, s/n, Boa Viagem, Niterói
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h. Agendamentos: segunda a sexta, das 10h às 18h
Ingresso: R$ 10. Meia entrada para estudantes, jovens até 21 anos, professores e idosos a partir dos 60 anos. Residentes ou nascidos em Niterói, crianças até 7 anos, representantes e estudantes da rede pública de ensino, visitantes que chegam de bicicleta não pagam ingresso
Entrada franca para todos os públicos às quartas-feiras
Mais informações no site oficial

Leia também


About Fabiane Bastos

Jornalista especializada em cultura, viciada em filmes, séries e livros não necessariamente nesta ordem. Adoraria poder visitar os mundos que só conhecemos pelas páginas e telas, ou chegar o mais próximo disso possível!