Praia, trilha, fotografia e cenário de novela: conheça a Praia Vermelha, no Rio de Janeiro


O Rio de Janeiro tem tantos atrativos turísticos naturais que às vezes a competição fica acirrada demais. Na orla, então… Fica complicado para algumas praias competirem com as mais famosas como Copacabana e Ipanema; mas para quem não gosta de multidões e curte descobrir outros ângulos dos pontos turísticos, a Praia Vermelha é um prato cheio. Especialmente para produções audiovisuais, a combinação de praia tranquila, paisagem de tirar o fôlego e tranquilidade é perfeita para gravações de novelas e videoclipes.

Localização

Entre o Morro da Urca e o da Babilônia, a Praia Vermelha é uma pequena faixa de areia localizada no bairro da Urca, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Como a maioria dos turistas vem aqui e já inclui o passeio no bondinho do Pão de Açúcar no roteiro, basta andar alguns metros à frente para achar essa pequena joia: basta atravessar a praça General Tibúrcio e o calçadão com amendoeiras (e a estátua do Chopin, muso eterno das minhas saudosas e longínquas aulas de fotografia) para chegar à tranquila praia. Aliás, não é raro ver estudantes de fotografia por ali ou até mesmo casais e famílias fazendo books.

O acesso fica meio escondido, à esquerda de quem chega à praia

Com ondas calmas e uma vista de tirar o fôlego, as areias costumam ser disputadas no verão: ambulantes e guarda-sóis dominam a paisagem. Procurada para prática de esportes como stand-up paddle e remo, muitos também aproveitam a presença constante dos militares (há um complexo de escolas e fortes militares no entorno) para aproveitar a Pista Cláudio Coutinho – um dos acesso à trilha que leva ao Morro da Urca. Pode-se caminhar, pedalar ou correr ali e aproveitar a bela paisagem sem pagar nada – porém dentro do horário de funcionamento. Muitos aventureiros se arriscam ao final da trilha para continuar a volta pelo chamado “costão” e ter uma vista incomparável da Baía de Guanabara.

*Pessoalmente, não recomendo fazer esse trecho sem acompanhamento de guia especializado nem sem roupas adequadas para escaladas e exercícios mais puxados. A trilha que sobe o Morro da Urca apesar de ser considerada fácil, boa para iniciantes, também tem dificuldades. Era comum que a utilizassem para ir até o morro e depois descer de bondinho sem pagar. A prática, porém, foi limitada e desde 2016 não é mais permitida.

 

Depois desses motivos todos, ainda está achando pouco motivo para passar um tempinho aqui? Aqui vai uma pequena listinha do que já rolou nessas areias.

Produções gravadas na Praia Vermelha

O que é isso, companheiro?, de Bruno Barreto

O filme de 1997 concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro conta a história de um grupo de guerrilheiros que lutavam contra o regime militar no país e planejaram o sequestro do embaixador americano vivido pelo ator Alan Arkin. Apesar de ser uma história verídica (o embaixador Charles Elbrick foi realmente sequestrado durante a ditadura), o longa – baseado no livro homônimo de Fernando Gabeira – apresenta mudanças em nomes de personagens reais. O próprio Gabeira é personagem no livro, mas seu nome mudou para Paulo na produção e era interpretado por Pedro Cardoso.

*Um parêntese divertido: o título americano é “Four Days In September”, que nos lembra que nem só a gente por aqui renomeia filmes de forma estranha. Mas, pensando bem… Como é que podemos traduzir esse título sem ficar sem sentido?

Corazón, Cláudia Leitte

Já faz um tempo que Cláudia Leitte busca um espaço maior no cenário da música pop diversificando seu repertório. Com uma pegada mais glamour e menos “corda do caranguejo” e no estilo sensual das cantoras americanas, foi com esse clipe de fotografia estilo “filtro do Instagram” que a cantora lançou-se em carreira internacional. A canção conta com a participação do rapper porto-riquenho Daddy Yankee, que também veio aqui para gravar o vídeo.

Alegria, de Chico Buarque e Arnaldo Antunes

Já falamos de cinema e já falamos de música. Então, agora vem “música de cinema”! O vídeo acima é da trilha sonora do filme Benjamim (2004), de Monique Gardenberg. O longa recebeu diversos prêmios e ficou marcado por ser a estreia da bem-sucedida carreira de Cléo Pires. Na trama, ela vive duas personagens distintas que cruzam o caminho de Paulo José – ambos protagonistas participam do clipe com os músicos Chico Buarque e Arnaldo Antunes, que também inclui cenas originais do filme.

Passione – TV Globo

A novela das 20h da TV Globo estreou em 2010 e uma das tramas envolvia os personagens Stella (Maitê Proença) e Agnello (Daniel Oliveira). Ela era casada, mas se envolvia com rapazes mais jovens até se apaixonar pelo rapaz italiano. Depois de terminarem, ele acaba se envolvendo com a filha dela – sem saber do parentesco – e o climão estava garantido. As cenas deles se conhecendo envolveram pontos turísticos da cidade (ele acabava de chegar ao Rio) e esse vídeo retrata um bom trecho da Praia Vermelha – e sua paisagem deslumbrante – e termina em uma caminhada pelo Forte de Copacabana. Dá para entender porquê o romance começou ali, né?

 

Nada será como antes – TV Globo

A minissérie é de 2016 e conta a fictícia criação de uma emissora de TV nos anos de 1950. Criada por Guel Arraes e Jorge Furtado, teve apenas 12 capítulos e está disponível no Globo Play. Débora Falabella interpretava a diva do rádio Verônica Maia, uma das principais personagens da estória, e nessa cena ela se encontra com um amante após uma festa. Confesso que não acompanhei a minissérie, mas fiquei curiosa de ver – especialmente porque são poucos capítulos (os noveleiros que me perdoem, mas já não tenho mais paciência para aguentar tantos meses acompanhando uma trama só!).

Chiquititas (e uma ex-Chiquitita) – SBT

As originais são argentinas, e a primeira versão brasileira também foi rodada por lá – mas, ao que parece, as novas Chiquititas gostaram daqui do Rio – e especialmente da Praia Vermelha. É fácil descobrir fotos dos bastidores do clipe “Rio, o Sol é Teu” – que saiu em dvd – onde a turminha visita diversos pontos turísticos da cidade (entre eles o Forte de Copacabana e o Maracanã) e teve cenas gravadas no Pão de Açúcar e na Praia Vermelha. Eu bem que tentei achar o link oficial do videoclipe, mas não encontrei. Daí tive uma grata surpresa ao encontrar esse clipe da atriz e cantora Júlia Gomes – que interpretou a Marian na novelinha do SBT. Coincidência ou não, ela resolveu voltar à Praia Vermelha para gravar seu clipe solo. Achei a ligação (que eu inventei, diga-se) tão fofa que resolvi contar pra vocês sobre isso. Me julguem.

 

Joia Rara – TV Globo

A romântica novela das 18h tinha uma trama de época que envolvia budismo, reencarnação e perseguição política acabou agradando ao público – e à crítica internacional. A trama de Duca Rachid e Thelma Guedes ganhou um Emmy como Melhor Novela do Ano em 2014. Os protagonistas eram o casal Franz, personagem de Bruno Gagliasso, e Amélia, interpretada por Bianca Bin. Ele tinha acabado de voltar ao Brasil depois de sobreviver a um desastre no Himalaia e se encontra com a jovem na praia, onde se apaixonam. O monge interpretado por Caio Blat também fazia suas meditações por lá.

 

Em um lugar tão bonito e inspirador, e tão pertinho de um grande atrativo turístico, considere aproveitar um pouquinho da Praia Vermelha quando vier visitar o mais charmoso cartão postal do Rio de Janeiro.

Leia também


About Geisy Almeida

Formada em Fotografia, fã de boas estórias que sejam bem contadas - não importa se em forma de livro, filme, novela ou bate-papo. Curiosa e interessada em muitos assuntos, às vezes viajo na maionese.