Um passeio pelos cenários de “Homeland” em Berlim


Saul (Mandy Patinkin), Quinn (Rupert Friend) e Carrie (Claire Danes) na quinta temporada de Homeland, filmada em Berlim

Com todos os seus altos e baixos, entra ano, sai ano, Homeland continua na minha lista de séries queridinhas e bem acima da média dos thrillers no ar hoje. A quinta temporada teve bons momentos e uma vantagem (para nós, que adoramos uma viagem): foi ambientada em Berlim, uma das cidades favoritas da eurotrip 2016, que continua rendendo posts no Roteiro Adaptado este ano.

Obviamente, este é um roteiro compacto, já que a capital alemã foi bastante explorada ao longo dos 12 episódios, mas são locais significativos e que podem ser encaixadas com certa facilidade no seu itinerário para turistar. Dá até para dar um pulinho na Amsterdã fake da série sem ter que mudar de país!

Um passeio pelo Mitte

Laura vai ao encontro de Numan na estação Hackescher Markt

Nosso passeio começa por uma locação que se repete algumas vezes: o prédio onde funciona, na trama, a Düring Foundation, novo local de trabalho de Carrie (Claire Danes), agora ex-agente da CIA. Esse talvez fosse o lugar mais fácil de eu ter localizado: ficava a poucos metros de onde eu estava hospedada e passei em frente a ele vários dias sem me dar conta.

Um dia, voltando para o hostel, ouvi, por acaso, um guia explicando ao grupo que era naquele prédio que a protagonista da série trabalhava… Tão fácil que eu estava ignorando! O prédio comercial fica na Litfass-Platz 1, no bairro do Mitte, bem próximo à famosa Alexanderplatz e com direito a vista para a Torre de TV (Berliner Fernsehturm), como mostra a galeria no fim do post.

Gendarmenmarkt

Ali pertinho fica a estação Hackescher Markt, onde Numan (Atheer Adel) encontra Laura (Sarah Sokolovic) pela primeira vez (episódio 3) – o local ainda aparece uma segunda vez ao longo da temporada, quando o hacker é perseguido (ep. 12).

Já a praça onde Saul (Mandy Patinkin) e Quinn (Rupert Friend) têm um encontro furtivo é a agradável Gendarmenmarkt, onde se localizam a Konzerthaus (Sala de Concertos) e duas igrejas dispostas simetricamente, a Französischer Dom (Catedral Francesa) e a Deutscher Dom (Catedral Alemã). Tomar um sorvete por lá, ouvindo música, me pareceu uma boa pausa entre as intensas andanças pela cidade.

Nas igrejas, praças e nos parques da cidade

Carrie faz uma oração: o interior foi gravado em uma igreja, e o exterior em outra

Nossa próxima parada é a igreja onde Carrie é sequestrada logo no episódio 1 – a fachada dela, pelo menos. A Zionskirche fica numa área menos badalada e mais residencial da cidade, mas, se você é fã de turistar a pé, é caminho do Mauer Park, uma ótima atração para os domingos, com sua variada feira gastronômica, sua feirinha de souvenires a céu aberto e o famoso karaokê. Não estranhe se o interior da igreja parecer diferente do que você viu na TV: é que as cenas internas foram gravadas em outro templo, a Herz Jesu, em Prenzlauer Berg.

É no topo da Akademie der Künste, a Academia das Artes de Berlim, localizada na Pariser Platz, que Saul tem uma vista privilegiada para o Portão de Brandemburgo no episódio 3. Se estiver com tempo quando for bater perna por lá, vale checar a programação de eventos e exposições no site. Outro ponto conhecido da cidade é o palco do tenso encontro entre Saul e Carrie, que tenta convencê-lo de que corre perigo, sem muito sucesso, no episódio 6. Os dois discutem na Potsdamer Platz, onde ele a deixa falando sozinha e segue de táxi em direção ao seu hotel, o Intercontinental Berlin.

Pôr do sol no Monbijoupark, à beira do Spree, em Berlim

Já a conversa entre Quinn e Dar Adal (F. Murray Abraham) no episódio 7 acontece num lugar bem mais aconchegante, onde presenciei o pôr do sol mais bonito durante minha estada na cidade (presenciei céus cinzentos e azuis várias vezes ao dia enquanto estive lá).

Os dois se sentaram em um banquinho (suponho que cenográfico) no Monbijoupark, bem à beira do rio Spree, ao lado da Ilha dos Museus. Ali pude observar gente animada se divertindo com música em um bar, pertinho do Bode Museum, ou simplesmente curtindo o tempo bom sentada na grama mesmo. Uma delícia.

Amsterdã dentro de Berlim (e nos arredores)

Carrie em “Amsterdã”: na verdade, as cenas da cidade foram filmadas em Potsdam

Nosso roteiro continua por Amsterdã sem sair de Berlim. Como? A produção poupou bastante tempo e trabalho da equipe em deslocamentos situando a capital holandesa em dois lugares: Fischerinsel, na capital, e a cidadezinha de Potsdam, acessível com uma curta viagem de trem (S-Bahn).

Em primeiro lugar, não teria ido a Fischerinsel (que significa Ilha dos Pescadores) se não fosse por Homeland. Trata-se da parte sul da Spreeinsel (Ilha do Spree), que é bem famosa por sua parte norte – sim, a Ilha dos Museus. Não encontrei por lá nenhum cartão-postal da cidade, mas fiz uma caminhada agradável beirando o Spreekanal, que na TV até passa por um dos famosos canais de Amsterdã, mas de perto é bastante diferente.

Ali foram feitas as primeiras cenas identificadas como a cidade na série, quando Carrie entra no táxi de Esam (Ori Yaniv) pedindo ajuda em sua investigação. Alguns passeios de barco saem das redondezas – pode ser uma boa opção se você der sorte de pegar tempo bom.

Fischerinsel, em Berlim

As demais cenas “holandesas” já se passam em Potsdam, uma cidadezinha bem simpática que se encaixa bem num dia extra depois de você dar a capital por vista e quiser ter uma experiência mais intimista. As sequências da série foram filmadas no bairro holandês, facilmente identificável por suas casas de tijolinhos vermelhos.

A casa que a dupla vigia fica na Mittelstrasse, mas em poucos minutos você circula pelos quarteirões “estrangeiros”. A visita à cidade leva, tranquilamente, um dia, se você quiser conhecer ainda o centrinho e o Palácio de Sanssouci, mas pode ser que dê tempo de ir ainda à colônia russa Alexandrowka.

Mind the gap 

Carrie e Laura em Ostbahnhof

No episódio 9, o jogo vira para Allison (Miranda Otto), que fica na mira de Carrie. Astrid (Nina Hoss) vai ao encontro dela no Café Godot (Kastanienallee 16), relativamente próximo à Zionskirche e ao Mauer Park, já citados nesse post. Encurralada, a ruiva segue para a Hauptbahnhof, a enorme estação central de Berlim, que é cenário de cenas-chave da temporada e aparece de relance também no piloto. Outra estação que dá as caras ao longo do quinto ano é a Ostbahnhof, onde nossa ex-agente favorita, disfarçada, marca um encontro com Laura no episódio 5.

Já se encaminhando para o fim, a série avança um pouco mais na Berlim oriental numa cena dramática, quando Carrie descobre que Quinn está em perigo. Logo após receber uma ligação, ela corre para o primeiro estabelecimento em busca de uma TV, no caso, o café Tante Emma (Köpenicker Strasse 1), que fica bem perto da Oberbaum Bridge e nem tão distante assim da East Side Gallery.

Reichstag, palácio que abriga o parlamento alemão

Outros pontos célebres da capital alemã também aparecem na série, como a Coluna da Vitória (Siegessäule) e o Reichstag, prédio que abriga o parlamento alemão (Bundestag), famoso por sua cúpula de vidro e responsável por uma vista privilegiada da cidade. A boa notícia é que a visita a este último é gratuita, mas tem uma pegadinha: é preciso fazer agendamento de dia e horário com antecedência.

Eu fiz o dever de casa, mas nem assim consegui: por pura falta de atenção, marquei no mesmo dia que a visita à Torre de TV (que é paga). Resultado: vou passar a redobrar o cuidado nas datas durante o planejamento das próximas viagens e serei obrigada a voltar a Berlim o quanto antes. O que não é nenhum sacrifício!

Em breve, aqui no blog, mais roteiros em Berlim e Potsdam (você pode ver o que já foi publicado aqui). Nos despedimos dos cenários alemães de Homeland com nossa tradicional galeria de fotos:

Leia também


About Giselle de Almeida

Carioca, jornalista, estudante de cinema, gauche na vida. Pareço legal, mas tento convencer os amigos a verem minhas séries favoritas

  • Parabéns pelo trabalho que realiza aqui….abraços

    • Giselle de Almeida

      Oi, Sergio. Que bom que gostou! E fique à vontade pra voltar, que a gente sempre tem novidade por aqui 🙂